Piscina Interna

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Piscina Interna

Mensagem por Alexander Kauffman em Sab Dez 06, 2014 1:28 pm




"Piscina Interna"
A área de lazer a parte da família. Recém construída a mando de Mark, a piscina contém vinte cinco metros de extensão com água morna.



© Creado por Theta Sigma
avatar
Alexander Kauffman

Mensagens : 70
Data de inscrição : 08/05/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 28
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por William Kauffman em Dom Dez 07, 2014 2:46 pm




All about us!


Faltava apenas um dia para o casamento de Alex e Mia, estava bastante animado com tudo, Alex havia me pedido para ficar encarregado do buffet da festa e da decoração, então, tinha coisas pra fazer. Na verdade, eu já havia preparado tudo, só tinha alguns detalhes para acertar, então, resolvi deixar esses pequenos detalhes para um pouco mais tarde. A casa estava em sua perfeita ordem, Alex deveria estar com meu pai, Lenny por ai, Mia deveria estar vendo os detalhes finais de seu vestido de noiva enquanto a Emily... Minha irmã, fazia tempo que não parava para falar com ela, nunca fomos tão próximos, mas tínhamos nossas conversas. Depois de tanta coisa que nossa família passou, finalmente tivemos um momento de paz, na verdade eles, por isso resolvi parar para dar um mergulho e repousar meu corpo para amanhã. Tinha Enzo, aquele original que me conquistou de forma surpreendente, gostava do seu jeito safado, lá estava eu me pegando com um sorriso bobo, mordendo meu lábio inferior enquanto estava deitado sobre uma das cadeiras de descanso na beira da piscina. Já fazia meses que estávamos juntos, escondidos, meu pai nunca deixaria me envolver com um vampiro e ainda mais Original, algo que me deixava preocupado, não sabia até quando conseguiria esconder esse segredo. Enzo era minha nova vida, meu ponto de fuga, amar incondicionalmente alguém era um ponto negativo meu, mas fazer o que?

Me levantei da cadeira e tirei a minha camiseta branca, estava apenas de bermuda tactel, dei um salto e mergulhei na água morna, me afundei calmamente naquela imensidão azul e fiquei a pensar por alguns segundos novamente no vampiro, abri meus olhos e me impulsionei para emergir, fiquei apoiado na borda de mármore enquanto relaxava novamente fechando meus olhos, balançava meus pés lentamente me permitindo ficar firme sobre a água enquanto estava apoiado na beira da piscina, meu corpo lentamente balançava de um lado para o outro quase que imperceptível, me joguei para trás e mergulhei mais uma vez, era hora de voltar ao trabalho, uma hora fora o bastante para poder me tranquilizar, nadei até a escada na ponta dela e sai, peguei minha toalha que estava pendurada no cabideiro e me enxuguei logo depois envolvendo-a sobre meu pescoço, peguei minha cabeça e sacudi minha cabeça fazendo meus cabelos ficarem bem espalhados, fui até a janela que dava para ver o jardim e lá estava o coreto montado para logo ser enfeitado por mim, sorri, meu irmão iria casar e eu estava feliz por isso...

valeu @ carol!

avatar
William Kauffman

Mensagens : 29
Data de inscrição : 28/06/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Enzo Lensherr em Dom Dez 07, 2014 3:29 pm

Valhalla
awaits me
Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits! Soon I will die. Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits me, when i'm dead!


Enzo já havia se habituado com o fato de não ser mais um bruxo, mas a vida lhe dera outras formas de poder depois que se tornou um vampiro. Seria grato a Mark Slaint por toda a eternidade, não só por ter o transformado no vampiro, mas por ter tido sido o progenitor da pessoa mais maravilhosa que ele conhecia. Estava com Mikhael a uns bons meses, na verdade já estavam antes de Mark o transformar, mas ainda estavam em segredo. O vampiro não aceitava muito o fato de ser em segredo, por mais que soubesse como guardar um.

Seria homem o suficiente para assumir ao patriarca Slaint, entretanto, sempre havia um mas, sempre algo poderia atrapalhar. Os originais criados por Mark, Olrac e Allegra, eram ligados a uma família, Enzo é claro estava ligado os Slaint e caso o patriarca lhe desse a ordem de se afastar de Mikhael, ele teria que aceitar, odiava esse fato na vida. E poucos eram as coisas que o faziam ficar deste jeito. Por este motivo o original se mantinha no animato sobre seu relacionamento.

Com todos os mas e poréns, haviam as coisas boas de servir aos Slaint, possuía acesso irrestrito a Mansão da família. Caminhou pelo jardim da mansão, os preparativos para o casamento de Mia e Alex estavam a todo vapor, e o responsável por isso era seu bruxo. Entrou na casa e escutou o silêncio, que não era comum naquela casa. O silêncio fora quebrado pelo barulho de um corpo em choque com a água, usando a velocidade de vampiro cruzou os cômodos ate chegar a piscina. Lá estava o Slaint, um dos poucos que tinha os cabelos morenos, o que para Enzo era um fator que o diferenciava.

Evocou todas as energias em sua velocidade, chegando as costas de MIkhael sem lhe dar a chance de se virar. O abraçou sem se importar com o fato dele estar molhado, a mão acariciou o peitoral de Mik. - Hello darling. - Sussurrou nos ouvidos de Mik, muita coisas haviam passado juntos, principalmente após os acontecimentos de New York, mas aquilo era passado. Mordiscou o lóbulo da orelha do bruxo, sentindo o cheiro que emanava dele, não só a fragrância que ele usava, como também o de seu sangue.

Virou Mikhael para frente, ficando cara a cara com ele, sem cerimônias o beijou, uma de suas mãos se encontrava na nuca e a outra na base da cintura do homem. - Acho que poderíamos aproveitar que estamos sozinhos e nos divertimos um pouco. - Dizia mordendo o lábio inferior. Enzo quando bruxo já possuía um apetite por sexo extremamente voraz, após sua transformação isso havia se tornado muito maior. - Sabemos que isso não acontece todos os dias. - Disse entre beijos.


Yet more blood will be shed This is a victorious day!



avatar
Enzo Lensherr
New Original
New Original

Mensagens : 406
Data de inscrição : 16/02/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 40
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por William Kauffman em Ter Dez 09, 2014 9:30 am




All about us!


Ficava perdido em pensamentos quanto aos votos  renovados de Alex para Mia, queria muito poder ter esse privilégio de estar também casando e fazendo meus votos, não sei se Enzo acharia aquilo bom, por ser um Original e ainda guardião da minha família, seria difícil meu pai aceitar, só queria entender o motivo de odiar tanto os vampiros.

Rapidamente um sopro gelado passou por minha nuca, um vulto e duas mãos se puseram sobre meu peitoral, como proteção fiz com que a pessoa sentisse um calor, mas logo pela voz vetei o feitiço no mesmo instante.
- Enzo! - pronunciei seu nome sussurrando. - Que susto, seu doido! - gostava das pegadas dele, eram firmes e bem diretas, tombei minha cabeça para trás caindo em seu ombro assim sentindo ele mordiscar o lóbulo da minha orelha, claro que aquele arrepio cruel percorreu por todo meu corpo, me contorci tentando me soltar da pegada dele.
- Para com isso... Não sabe que pode aparecer alguém aqui? - continuei com minha voz de sussurro, estava me sentindo tão quebrador de regras. Era bom.Não consegui ser feliz em tentar escapar das mãos dele, logo, fui virado e então pude olhar aquele rosto perfeito, másculo e bem safado. Sem chances de dizer algo, nossas bocas se colaram e eu me rendi brevemente ao seu beijo, a mão dele me minha nuca me fazia derreter, envolvi meus dois braços ao redor de seu pescoço e o puxei para mais perto então dentre o beijo ele disse algo sobre aproveitar o momento e se divertir, balancei a cabeça negativamente e me afastei de seus lábios.
- Se quiser morrer tudo bem, agora, não me envolva em suas loucuras. - fiquei abraçado a ele olhando em seus olhos, estávamos muito perto e sentir aquele corpo sobre o meu, mesmo ele estando vestido, era tentador e me deixava louco. Respirei fundo.
- Sabe muito bem que meu pai e o resto da minha família, com exceção, do Alex, não sabe de nós, então, como pode me propor algo assim? Quer me deixar maluco de vez? - mordi meu lábio inferior propositalmente o encarando.
- Eu sei que não é toda vez que temos tempos assim... Mas... - o que ele estava fazendo? Me hipnotizando? Senti minhas pernas tremerem e meu corpo todo entrar em um colapso nervoso, estava ficando atiçado.
- Não ouse mover um músculo se quer seu.
O que me deixava mais irritado em Enzo, era que ele não obedecia o que eu pedia, então se algo fosse acontecer naquele exato momento, poderia estar me colocando, nos colocando, a beira do abismo... Valeria muito a pena sentir estar perto da "morte".

valeu @ carol!

avatar
William Kauffman

Mensagens : 29
Data de inscrição : 28/06/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Enzo Lensherr em Ter Dez 09, 2014 3:48 pm

Valhalla
awaits me
Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits! Soon I will die. Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits me, when i'm dead!


Olha, o perigo deixa tudo bem mais gostoso. - Dizia enquanto o beijava novamente. Mikhael era o típico filho perfeito. Não gostava de quebrar regras, não era não, o preto e o branco deveria sempre estar separados, nunca juntos em um cinza. Essas foram algumas das características que haviam encantado a Enzo, que por sua vez adorava quebrar regras, fazer coisas escondidas e sentir a adrenalina de ser o errado da história. -Você precisa relaxar um pouco, querido. - Usou de seus poderes para que Mikhael ficasse sentado enquanto ele massageava os ombros do namordo.

Riu do que ele disse sobre morrer. - Seu pai me matou uma vez e me trouxe de volta, sou mais útil vivo do que morto.- É claro que sentia falta de ser um bruxo, mas ser um vampiro tinha lá suas vantagens. - E outra, o máximo que ele fara com você é te deixar sem magia. - Disse caminhando para a frente do bruxo, sentou sobre o colo do mesmo, as mãos ainda realizando a massagem. - Estarperto de você assim, me da uma sede... - Disse usando de toda a ambiguidade que podia, levou sua boca ate pescoço do moreno o beijou. - Apenas relaxe. - Sussurrou.

Levou os beijos ate os lábios de Mikhael, lutando contra o desejo de retirar as roupas e se entregar ao bruxo. - Já lhe disse mil vezes que eu me entendo com seu pai. E pouco me importa o que seus irmãos pensam. - ser filho único e ter passado mais da metade da vida em um colegio interno lhe fazia não sofrer de certos temores. - Quebre uma regra outra, te garanto que vai amar. - Disse dando uma leve mexida em seu quadril, para provocar o parceiro.

Estava tudo indo bem, ate que Mikhael usou, mesmo que sem querer, da ligação sobre o original. Enzo parou, não podia se mexer, apenas a respiração continuava. - Não seja tão radical com um pedido, assim não posso nem sair de cima de você. - Disse em um tom misto de seriedade e malícia. No fundo desejava que algum dos irmãos de Mik entrasse no local naquele momento, seria cômico e dramatico, porém seria o ideal para acabar com tal medo do namorado.

Não demorou muito para que o bruxo o liberasse, o vampiro saiu de cima de Mikhael, o encarando. - Queria que fosse diferente, mas você está dificultando as coisas. - Enzo era um ótimo ator, por isso seu rosto estava, como se realmente fosse terminar com o outro. - Bem, não posso continuar com você desse jeito. Simplesmente não dá. - Uma lágrima escorria de seu rosto, ajoelhou pegando a mão de Mikhael. -Mikhael Roach Slaint, você quer se casar comigo? - A pergunta fez o caração de Enzo.


Yet more blood will be shed This is a victorious day!



avatar
Enzo Lensherr
New Original
New Original

Mensagens : 406
Data de inscrição : 16/02/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 40
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por William Kauffman em Qua Dez 10, 2014 5:30 pm




I accept!


Enzo tinha mania de achar que tudo era simples, fácil, mas na verdade não. Aos meus olhos as coisas tinham que ser pelo menos mais relevantes, não seria fácil pra mim deixar de querer estar com meu namorado o beijando e tendo prazeres sexuais sabendo que a qualquer momento alguém poderia nos ver e contar para meu pai, que na verdade, era o pivô do meu relacionamento estar as escondidas.

Quando me vi, estava sentado enquanto ele se colocava sobre mim, minha garganta estava seca, para me deixar mais atiçado ele se remexia em meu colo e ficava falando aquelas palavras tentadoras, me instigando, parecia ele estar se passando pela cobra do paraíso enquanto eu a eva, porém, mais certo das minhas atitudes, mesmo querendo mergulhar naquele intenso prazer que poderia colocar fogo naquele lugar.
- Enzo, por favor... Pelo amor de Deus! - passei as mãos pelo meu rosto que logo fazia meus cabelos serem colocados para trás. - Sai de cima de mim, eu não posso... Não agora.
Era doloroso dizer aquilo, acredite, eu praticamente o queria dentro de mim selando nossos corpos em um só.
- Justamente por isso não quero deixar que meu pai saiba sobre nós, não quero perder meus poderes, sabe muito bem que preciso deles, não só eu como você, quando se pede alguma ajuda. - olhei pra ele brevemente e logo fechei os olhos, ele estava muito perto e eu quase me entregando, o alerta vermelho acionava meu sentido certinho, mas o fogo estava quase quebrando as barreiras.
- Por favor... - falei quase que inaudível. Era o sussurro de misericórdia e fora atendido. O que me surpreendeu.

- Queria que fosse diferente, mas você está dificultando as coisas. - paralisei na mesma hora.
- Como assim? - me levantei da cadeira preocupado enquanto o vi fazer uma expressão que nunca tinha visto antes.
- Bem, não posso continuar com você desse jeito. Simplesmente não dá. - me senti tonto, levemente, mas estava sentindo as coisas rodarem. Aquelas palavras e a forma séria do outro me fizeram tremer.
- Não precisa ser tão dramático, amor, por favor... Está me deixando nervoso e sabe muito bem que sou emotivo. - percebi uma lágrima cair de sua face, foi o fim pra mim.
- Enzo! - me aproximei dele, porém, ele se afastou um passo, senti meus olhos se encherem d'água e meu coração querer sair do peito.
- Eu não...- ele se ajoelhou, olhei aquela cena e então veio aos meus ouvidos o pedido.

-Mikhael Roach Slaint, você quer se casar comigo?
Um silêncio pairou todo o ambiente, meu corpo trêmulo ficou petrificado, meu coração já estava batendo de forma tão desregulada que não sabia como ainda não tivesse tido um infarto.
-... - meus lábios tremiam, não conseguia achar palavras, na verdade eu sabia o que dizer, mas as forças não me vinham, pressionei meus olhos e então desabei, ri de nervoso e as lágrimas desciam.
- Seu maldito! - me ajoelhei ficando no mesmo nível que o dele e o abracei forte.
- SIM! SIM! SIM! MIL VEZES SIM! - me afastei e dessa vez tomei a iniciativa do beijo, pouco importava naquele momento agora alguém aparecer, minhas lágrimas se misturavam ao intenso tocar de lábios deixando um leve gosto salgado, o empurrei fazendo ele cair na água e logo em seguida fui atrás, mergulhei com ele e voltei a beijá-lo e então emergimos.
- Eu te amo... - o abracei mais uma vez me sentindo anestesiado com aquilo.
Me afastei e acariciei sua face. - Sabe que terá que pedir isso para o todo poderoso Mark, não sabe? - franzi o cenho pensando logo em seguida na reação dele.


valeu @ carol!

avatar
William Kauffman

Mensagens : 29
Data de inscrição : 28/06/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Enzo Lensherr em Qui Dez 11, 2014 1:25 pm

POST +18 PROSSIGA POR SUA CONTA E RISCO

Valhalla
awaits me
Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits! Soon I will die. Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits me, when i'm dead!


Então demorou um pouco, o que deixou o vampiro impaciente, queria que tudo fosse mais rápido. Desde a transformação sua vida havia sido intensificada, logo seus pensamentos e de certa forma desejava que todos ao seu redor pensassem rápido como ele. Depois do que pareceu ser uma eternidade o sim veio. Seguido de um sonoro "seu maldito". Sorriu com atitude do outro, o beijo salgada graças as lágrimas.

O baque na água foi consequência dos corpos se chocando e caindo na piscina, os beijos continuavam dentro d'água, se fosse por Enzo não sairiam dali para nada, mas Mikhael precisava respirar, por este motivo emergiram. Enzo agarrou o bruxo pela cintura e beijou seu pescoço e deixou levar pela emoção, o rosto transfigurou no de vampiro e o mordeu. Nada muito perigoso apenas o suficiente pra deixar as coisas mais excitantes. Saiu da piscina com o Slaint ainda em seus braços, retirou a roupa molhada largando-a no chão. - Também te amo. - Respondeu com veemência.

Sentiu o bruxo lhe empurrar ate a parede, os beijos do moreno desciam pelo pescoço, indo percorrendo seu abdome, o que fazia ter ondas de prazer, os urros que saia de sua boca ecoavam pelo ambiente. Quando sentiu a boca do noivo em seu membro, foi o que precisava para que o mesmo se tornasse ereto. Sentia cada centímetro do membro em contato com o os lábios do bruxo Slaint. As carícias com a mão, completavam o trabalho artesanal do outro.  Cada partícula do corpo do vampiro desejava estar no corpo do bruxo, como um.

Fez com que Mikhael ficasse de quatro, sem cerimônias levou sua língua ao ânus do outro, acariciando o local e o preparando para o que estava por vir. Quando o corpo estava em condições perfeitas, Enzo introduziu seu membro rijo, lentamente, de modo que Mikhael apenas gemesse. Sabia que poderia machucar caso fosse muito forte. Quando sentiu seu saco escrotal encostar no do amante parou por alguns segundos. Deitou seu corpo sobre o dele e sussurrou em seu ouvido. - Isto é por ter aceitado. - Havia malicia na voz.

O vampiro então começou a estocar, aumentando a velocidade conforme sentia seu desejo aumentar, chegando a usar a velocidade de vampiro nas estocadas. Mudou de posição deitando no chão e Mikhael sobre seu corpo, sentia o outro rebolar e cavalgar em seu colo, o que o excitava muito mais. Em determinando momento sentou-se com o Mik ainda em seu colo. Beijava enquanto mantinha as estocadas, essas agora mais curtas e devagar. - Posso fazer isso o resto da minha vida. - Dizia enquanto explorava o corpo do Slaint com as mãos e boca.

As horas passavam e ambos estavam estasiados de prazer, deitados lado a lado, completamente nus e com os corpos suados. Um sorriso se formava nos lábios de Enzo. - Se fosse preciso eu repetia isso aqui na frente do seu pai. - Disse com um tom brincalhão, mas sem esconder que seria verdade. - Quando puder, faz alguma coisa pra secar minhas roupas. - Não vestiria roupas molhadas, odiava o cheiro e a sensação de estar pegajoso. Deu um beijo no outro, enquanto sua mão brincava pelo peitoral definido do bruxo.


Yet more blood will be shed This is a victorious day!



avatar
Enzo Lensherr
New Original
New Original

Mensagens : 406
Data de inscrição : 16/02/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 40
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por William Kauffman em Sab Dez 13, 2014 9:19 am




I accept!


Não consegui resistir, foi mais forte que eu e por isso deixei explodir aquele fogo intenso, sim, acabamos por nos render um ao outro, quebrei o elo de seriedade e resistência, me levei a empurrá-lo para parede e assim o encher de beijos salientes e fui desejando mais, meu corpo desejava mais do que aquilo, as mãos de Enzo vinham sobre mim e quando me vi estava praticamente entregue a ele, aquele membro rijo dentro de mim depois de um belo oral, a forma como ele me castigava, era uma dor prazerosa que me fazia morder os lábios enquanto meu corpo se tremia com a pressão sobre-posta a mim, nossos corpos suavam intensamente, meus gemidos eram altos, esquecia completamente de onde estava e por isso deixei aquela fera sair de dentro de mim para poder expor tamanho prazer que tinha ao ser tocado pelo outro, pelo meu namorado e agora noivo.

Não deixei demonstrar qualquer forma de retração com aquilo tudo, queria mais, queria ele dentro de mim todos os dias, todos os momentos em que aquele tocar fosse especial, depois de um pedido daqueles uma foda era como se fosse um ato comemorativo entre nós, por isso me permitir a quebrar minhas regras e as da casa. De olhos fechados ouvia todas as palavras que ele dizia enquanto me martirizava com aquelas tocadas profundas, só poderia gemer, não queria falar mais nada, deixava tudo com ele, a velocidade que seu membro forte e grande entrava era tremenda e minhas expressões mudavam simultaneamente, então depois de horas nossos corpos exaustos estavam estirados no chão, nossas roupas espalhadas e tudo que eu poderia fazer era apenas ficar deitado sobre com minha cabeça sobre o peitoral do outro, minutos de silêncio e então me joguei para seu lado e um sorriso largo apareceu em meu rosto, o comentário extra de Enzo me fez o encará-lo, me virei ficando apoiado sobre meus antebraços e levar uma de minhas mãos ao seu rosto lhe dando um tapa de leve na cara, de brincadeira.
- Você não é nem louco, ou melhor... É.- fez uma expressão séria que logo se desfez em um sorriso. - Não sei como realmente pude me deixar se apaixonar por você, seu jeito totalmente diferente do meu me encantou naquele primeiro olhar, nunca pensei sinceramente que depois daquele esbarrão que me dera na cozinha poderia levar a esse momento. - voltei a me deitara ao seu lado ainda demonstrando exaustão.

Conheci Enzo no mesmo dia em que meu pai fizera uma reunião na sala, explicando toda a situação sobre ter um Original entre nós, deixei que aquilo fosse apenas ser mais um de suas maluquices, mas percebi que Enzo me olhava, dei algumas olhadas para ele, mas nada de mais. Logo após o término, resolvi ir para cozinha, faminto da forma que estava, então tomei um belo susto ao sentir uma esbarrada em meu ombro, era ele, de primeiro não gostei muito, me afastava de seres assim, lembrei dos amores que tive e das discórdias, Allistair fora um híbrido que me apaixonei, acabei me deixando levar pela emoção do relacionamento e fui abandonado, sei lá o que havia acontecido com ele. Depois Magnus, o bruxo maldito que também terminou sem dar satisfações, eu era um azarado totalmente e estava sem ânimo pra mais nada, mas então veio ele, o vampiro charmoso e cheio de autoridade, maluco que me fez cair em tentação e ser praticamente quase pego pelo meu pai o beijando no Hall da mansão, ainda bem que tenho uma percepção boa, sentia que a qualquer momento algo poderia acontecer, foi aquele beijo roubado que fez chegar aonde estamos, agora noivos.

Senti o outro levar sua mão ao meu peitoral logo após um beijo, ouvi seu pedido e eu também teria que fazer isso com minhas roupas.
- Eu poderia mandar você sair daqui desse jeito, mas não vou compartilhar o que é meu com os outros. - olhava pra ele fazendo uma expressão autoritária. De repente um susto e lembrei dos preparativos pra festa. - MEU DEUS, ENZO! - me levantei rapidamente, uma tonteira passou por mim pelo ato apressado e então me apoiei na parede. - Ficamos horas aqui e os preparativos as moscas, aquele povo não sabe o que faz, não quero meu irmão e nem minha cunhada com qualquer merda. - peguei nossas roupas e disse:
- Effusio liquid! - as partículas de água se evaporavam deixando as roupas secas novamente. - Se vista, antes que alguém apareça. - me vesti logo depois e assim me aproximei dele dando um beijo rápido e me afastei deixando ele se vestindo. - Não esqueça que você vai falar com meu pai sobre o pedido! - corri saindo do local indo para meu quarto e me arrumar para prosseguir com a arrumação no jardim.

ENCERRADO PARA MIKHAEL



valeu @ carol!

avatar
William Kauffman

Mensagens : 29
Data de inscrição : 28/06/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Enzo Lensherr em Sab Dez 13, 2014 1:03 pm

Valhalla
awaits me
Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits! Soon I will die. Sword in my hand and axe on my side. Valhall awaits me, when i'm dead!


Enzo não era muito de sentir medo, nunca fora. Exceto quando o assassinato de Sam aconteceu, ele era mais novo, tinha acabado de entrar na faculdade. Não tinha culpa, mas estava envolvido. As vezes ainda acordava a noite com as imagens do corpo sem vida do marido de sua professora, e depois o fogo, podia sentir o calor das famas enquanto se alimentavam do corpo. Balançou a cabeça e riu para Mikhael. - Não duvide de mim, sweetheart. - Realmente pretendia fazer o que quer que fosse na frente de qualquer um, ate mesmo do todo poderoso Mark Slaint.

A conversa voltava a algo que ele já sabia a resposta. - Querido, sabe aquilo dos opostos se atraírem? Então, nos atraímos para que eu pudesse fazer você ficar menos certinhos. - Disse com um sorriso nos lábios. - Você sempre se esquece de New York, não é? - É claro, ambos estavam bêbados, em pub irlandês e se conheceram por acaso, não havia nomes. Dois estranhos que resolveram passar a noite junto, Enzo saiu antes de Mikhael acordar, ainda estava marcado pela morte de Sam.

Depois disso a vida mudou, ele largou a faculdade e veio para o Sul em buscar de respostas, quando foi transformado. E só então conheceu oficialmente Mikhael Slaint, no inicio não se lembrava de onde havia visto aquele rosto, mas depois do esbarrão na cozinha tudo ficou claro. O silêncio formou-se entre os dois, perdidos em suas memórias, quando a voz de Mik o trouxe de volta a realidade.

Havia um sorriso safado nos lábios do original. - Não vejo problema algum em andar pelado por ai, se os demais irão gostar não sei. - Sabia que o outro não gostava desse tipo de brincadeira e por isso as fazia. O bruxo então teve um ligeiro ataque, sobre os preparativos da festa de casamento de Mia e Alex, o vampiro se perguntava porque deveriam renovar os votos se eram casados há pouco. - Se acalma e vai lá fora gritar com os empregados e fazerem as cosias saírem como você quer. - Disse como quem não queria nada.

Viu as roupas secarem, com a velocidade de vampiro Enzo se vestiu, deu um beijo de desdida e respondeu com seu tom brincalhão. - Quem sabe não mostro a ele como posso oferecer prazer a você. - Disse dando uma piscadela e antes que Mikhael pudesse dizer qualquer coisa ou falar qualquer coisa o vampiro havia desaparecido. Enzo se encontrava na porta do escritório de Mark batendo duas vezes na mesma.

ENCERRADO


Yet more blood will be shed This is a victorious day!



avatar
Enzo Lensherr
New Original
New Original

Mensagens : 406
Data de inscrição : 16/02/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 40
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Narrador em Sab Jan 17, 2015 5:19 pm




encerramento

Todos os posts em relação a esse dia será desconsiderado.





© Creado por Theta Sigma
avatar
Narrador
Storyteller
Storyteller

Mensagens : 426
Data de inscrição : 16/04/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piscina Interna

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum