Jardim / Entrada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jardim / Entrada

Mensagem por Alexander Kauffman em Seg Dez 08, 2014 12:45 pm




"Jardim/Entrada"
Um lugar bastante amplo, com um chafariz ao meio, um gramado bem cuidado pelos dez jardineiros da casa e ótimo lugar para fazer festas externas comemorativas, ao agrado dos donos. É ligado a entrada da mansão, com uma escadaria de dez degraus que leva até a enorme porta emoldurada que dá para o hall da entrada da mansão.



© Creado por Theta Sigma
avatar
Alexander Kauffman

Mensagens : 70
Data de inscrição : 08/05/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 28
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Jackson Kenner em Seg Dez 08, 2014 1:46 pm


You're saving us

Meus olhos se abriam várias fazes durante a viagem do Alaska para Virgínia, eu estava cansado e estava tão triste pela morte de minha mãe que não tinha forças para ficar acordado no trajeto de dez horas. Ao meu lado se encontrava a comissária de bordo que era minha acompanhante para a viagem, já que crianças de doze anos não podem viajar sozinhos em aviões. De certa forma eu não ligava para a mulher, assim como ela não ligava para mim, eu era apenas parte do trabalho dela, enquanto ela era apenas alguém que se certificaria que eu não seria um desses delinquentes juvenis.

Em minha mão esquerda se encontrava as últimas palavras de minha mãe, uma carta deixada por ela, na verdade apenas eu conseguia ler a carta, assim como eu mamãe era uma bruxa e havia enfeitiçado o papel para que apenas alguém com o sangue de meu pai pudesse ler. Eu já estava no táxi, chegando ao tal condomínio em que a família Slaint, minha família, morava. Somente nessa parte do trajeto tive coragem de reler a carta. Enquanto eu a lia, meus olhos se enchiam de lágrimas, eu sempre soube que possuía um pai, mas sempre achei que ele não quisesse saber de mim, porem descobrir que ele nem sequer sabia de minha existência, isso sim era pior.

Meu amado Nate,

Durante todos esses anos eu menti para você, Alex Roach Slaint, seu pai, nunca soube que eu estava grávida, logo nunca pode lhe procurar. Quando eu era muito nova passei uns dias na casa dele nos arredores de Mystic Falls, sua avó logo descobriu que eu carregava em meu ventre um bebe. Ela me procurou, me dando muito dinheiro, mas do que seria necessário para que você tivesse uma boa vida, mas em troca eu teria que ir embora, nunca mais falar com seu pai, ou sequer dizer que você existia. Não pense que eu fui gananciosa, ela me ameaçou, tacou-me uma maldição, e só a retirou quando eu aceitei sua oferta. (...) Se você estiver lendo essa carta é porque minha doença chegou a níveis extremos e eu não poderei lhe contar pessoalmente, mas peço que procure seu pai. Você não deve viver sozinho, eu não posso levar mais esse sofrimento adiante, você merece conhecê-lo e ter uma vida ao lado dele.

Eu te amo meu filho, mas do que você pode imaginar.
Com amor Nichole Mulder, sua mãe.


As lágrimas rolaram mais uma vez, eu sabia que tudo poderia dar errado, que eu não seria aceito como membro da família, ainda mais se minha avó estivesse com eles, ela havia me renegado uma vez, quando eu era apenas um feto, imagine o que faria agora que sou um pouco crescido. O taxista parou e eu lhe paguei, a mansão era tão grande, diferente da minha casa no Alaska. Fiquei olhando para aquela imensidão arquitetônica, imaginando diversas imagens de como seriam meus parentes, se eu possuía primos ou ate mesmo irmãos, como seriam todos.

Além da casa, eu também podia sentir uma forte energia mágica. - Que incrível. - Disse para mim mesmo, com aquilo acabei tento certeza de que eu não era o único bruxo da família, e os outros eram bem mais poderosos que eu. Fiquei espantando, afinal eu já era bem poderoso perto dos demais, porém a energia da casa não me intimido, foi como se me reconhecesse como parte dela, me senti acolhido de uma certa forma. Caminhei ate o portão, que se abriu automaticamente, o lugar parecia que estava sendo preparado para uma festa, e das grandes.

Andei pelo jardim, admirando cada detalhe. Os Slaint possuíam um ótimo gosto. Pensei comigo mesmo, foi quando reparei como eu estava vestido, um terno negro, a gravata cinza, em uma mão a mochila sobre rodinhas e a outra vaga, com apenas um relógio analógico no pulso. Era estranho meu gosto por esse tipo de vestes, mas eu me sentia bem assim. Após alguns minutos de caminhada parei enfrente ao que me pareceu ser a porta de entrada, bati algumas vezes e esperei ate que alguém me atendesse, um homem alto, loiro e forte abriu a porta. Eu o encarei por uns segundos, que se mostrava novo demais para ser meu pai. Me perguntei, tomei a iniciativa e lhe falei. - Senhor, me desculpe incomodar, mas procuro por Alex Slaint, o mesmo se encontra?. - Minha foz típica de criança era firme nas palavras.
© Lotus Graphics

TAG: Slaint's.
avatar
Jackson Kenner
Werewolf
Werewolf

Mensagens : 18
Data de inscrição : 08/12/2014

Perfil Sobrenatural
Nível: 22
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Lenny R. Slaint em Seg Dez 08, 2014 2:25 pm


kill yourself and embrace your own demon

Estava de saco cheio daquele tédio, não tinha nada pra fazer e praticamente novamente teríamos um casamento naquela casa, as festas pareciam não largar mais minha família perfeita, pra não dizer ao contrário.
Havia deixado meu quarto desde sete da manhã, aquele barulho de pessoas do lado de fora me irritava, Mikhael iria se casar e meu pai não queria que o outro soubesse que toda aquela armação era para ele, o tonto acreditou que Alex iria se casar de novo, tão tonto que não percebeu que os Mia e ele estavam casados apenas nove meses, renovar casamentos era mais para pessoas quase na flor da idade, bem, assim eu achava.

Fiquei zanzando pelo jardim para ver os preparativos, vi que Mikhael não estava por ali, o que me deixou estranhamente com uma pulga atrás da orelha, ele sempre se propôs a ficar observando as coisas, dei de ombros e voltei pelo lado da cozinha, peguei uma maçã na fruteira e abri a geladeira para ver se tinha algo bom, sempre tinha, só que nunca comi nada. A empregada olhou para mim e eu apenas dei uma piscadela para ela, me virei e segui para a sala novamente, iria subir para meu quarto até que a porta fora batida umas três vezes, revirei os olhos e fui até ela, abri olhando para frente e logo dei de cara com um garoto, parecia ter uns onze pra doze anos, loiro, olhos claros, me lembrava alguém, mas quem?
- Pois não? - reparei nas vestes dele achando engraçado, parecia meu pai vestido, mas em miniatura.
- Senhor, me desculpe incomodar, mas procuro por Alex Slaint, o mesmo se encontra?
Me encostei no portal da porta e cruzei os braços olhando para o garoto agora mais fixadamente.
- Sim, ele mora aqui, mas... Posso saber qual é o assunto? - aquilo me instigou, tive que perguntar, mordi outro pedaço da fruta enquanto mastigava tranquilamente esperava a resposta do outro.
- Me chamo Lenny, mas pode me chamar de Lee, seu nome é? - estiquei meu braço me apresentado.
TAG: FULANO ✖ MUSIC: Fear of The Dark ✖  POST: 01 ✖ Thx Vetra @ LG

avatar
Lenny R. Slaint

Mensagens : 12
Data de inscrição : 05/04/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Jackson Kenner em Seg Dez 08, 2014 5:36 pm


You're saving us

Para uma criança eu sou um pouco diferente, seja por meu modo de falar e vestir, ou outras características como ser muito observador, essas coisas minha mãe havia me ensinado, sempre dizendo que eu um diria teria que ser assim. Eu nunca entendi bem o porque, afinal tenho doze anos, não tenho que saber das coisas, eu deveria ser uma criança e não um projeto de adulto que eu era. Essas características me faziam ser um pouco solitário, eu demorava para confiar nas pessoas, por mais que eu tentasse, raramente me abria a um desconhecido.

Por estes motivos não pude responder diretamente o que o homem me perguntava. Eu não confiava nele, pelo menos não ainda. - É um assunto um tanto pessoal e eu não gostaria de discuti-lo com terceiros. - Ai estava, eu novamente falando como um adulto e não uma criança, respirei fundo e olhei para o rapaz, que acabara de se apresentar.  - Nathaniel Mulder... - Achei melhor esconder o Slaint naquela hora, não queria arriscar. - Mas pode me chamar de Nathan ou Nate, Lenny.  - Sim, ele poderia me chamar pelo apelido, enquanto eu o chamaria apenas pelo seu nome.

O clima estava um tanto abafado e eu estava cansado da viagem, queria muito beber um pouco de água e apenas descansar um pouco, mas sabia que havia de responder uma bateria de perguntas. Fechei meus olhos e respirei fundo, buscando energias para continuar de pé, por tudo o que estava me acontecendo. - Me desculpe se não posso lhe responder sua pergunta, como gostaria.  - Esperava que Lenny compreendesse. - Mas eu realmente preciso ter uma conversa com o senhor Alex.  - Por um momento pensei que a expressão meu pai, sairia de minha boca.

Olhei para o céu azul claro, não estava acostuma as altas temperaturas do sul, já podia sentir os efeitos da insolação. Havia gostas de suor em minha testa e meu coração estava um pouco acelerado. Fechei mais uma vez meus olhos e mentalizei uma brisa fresca, eu precisava de algo para atenuar os sinais. Quase que instantaneamente uma brisa correu entre mim e o homem a minha frente, respirei fundo sentindo o ar gelado invadir meus pulmões, meu coração pareceu se aquietar com o acontecido. Fitei Lee, esperando que ele chamasse meu pai ou que me convidasse a entrar.
© Lotus Graphics

TAG: Slaint's.
avatar
Jackson Kenner
Werewolf
Werewolf

Mensagens : 18
Data de inscrição : 08/12/2014

Perfil Sobrenatural
Nível: 22
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Lenny R. Slaint em Sex Dez 12, 2014 3:26 pm


kill yourself and embrace your own demon

Soltei uma risada com a resposta bem madura do outro, balancei a cabeça de forma negativa e descruzei meus braços acabando com minha maçã e jogando o resto dela na lixeira que tinha ao lado da porta.
- Você realmente se parece com alguém que eu conheço... - me abaixei ficando na altura da criança e fixei meu olhar nos dele. - Bem... Nate... Seguinte, você deve estar morrendo de calor com essa roupa, essa sua mala deve ter alguma roupa mais leve, deixarei você entrar e irei chamar meu irmão para atendê-lo, então peço que por favor... - me levantei e abri a porta para a criança poder passar. - Entre e fique a vontade, tenho coisas pra fazer e não posso ficar o tempo todo lhe dando uma atenção exclusiva, okay? - a criança entrou e logo fui atrás dela para poder apresentar o cômodo de visitas, a sala.
- Pode se sentar se quiser, aqui dentro é mais fresco, o ar condicionado é ligado para poder refrescar o local, bem, foi bom conhecê-lo baixinho, mas me dê licença..
Me virei indo em direção ao hall novamente, o estranho era que o garoto estava em uma fixação em Alex, ele lembrava totalmente meu pai o que me espantava, será que Alex tinha alguma coisa a ver com aquilo? Ou meu pai?
Segui até a metade da escada e gritei.
- ALEX! VISITA PRA VOCÊ! - voltei a descer e passava novamente pela sala piscando para o menor e indo para a cozinha, era mais perto da garagem, indo em direção ao local pude ouvir algumas vozes que vinham da área da piscina, pensei em entrar lá, mas não, peguei meu celular e passei uma mensagem para Diana, eu queria poder falar com alguém sabia que nunca tive um contato firme, ou quase nenhum, mas depois que Faye se casou com Klaus  me senti um tanto solitário, meus irmãos vivem ocupado, meu pai nem pensar, a única pessoa próxima e não tão próxima assim era ela.

" Di, sei que nunca nos falamos direito, mas poderíamos nos encontrar? Quero poder conversar, sair um pouco deste hospício que está em preparo de festa... Se puder, responda, estou indo dar uma volta por ai, se tiver alguma ideia, estou dentro!"
Respirei fundo e apertei enviar, coloquei o celular no bolso e cheguei na garagem pegando meu carro e assim partindo para onde o destino ou Diana fosse me levar...

ENCERRADO PARA LENNY (E NATHANIEL NA ENTRADA)
TAG: Nathaniel ✖ MUSIC: Fear of The Dark ✖  POST: 02 ✖ Thx Vetra @ LG

avatar
Lenny R. Slaint

Mensagens : 12
Data de inscrição : 05/04/2013

Perfil Sobrenatural
Nível: 17
Poderes:
Inventário:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Narrador em Sab Jan 17, 2015 5:18 pm




encerramento

Todos os posts em relação a esse dia será desconsiderado.





© Creado por Theta Sigma
avatar
Narrador
Storyteller
Storyteller

Mensagens : 426
Data de inscrição : 16/04/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardim / Entrada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum